Posted by : Francisco Geo domingo, 13 de junho de 2010

IMPACTOS AMBIENTAIS EM BIOMAS BRASILEIROS

Um dos problemas mais graves do Brasil são os impactos ambientais, vistos que o Brasil é beneficiado com a maior biodiversidade mundial. A natureza sofre desde o inicio da colonização, quando nosso litoral foi devastado pelos colonizadores. Matas foram derrubadas, animais foram mortos. Estes estragos se estenderam ao interior rompendo o equilíbrio ecológico com atividades como mineração e criação de gado. E nas décadas de 1950 a 1970, a construção de Brasília causou fortes impactos ambientais nas regiões norte e centro oeste. Observe as paisagens de Cerrados e as agressões que essa vegetação vem sofrendo para dá lugar a pecuária e a agricultura. É a vegetação que depois da Mata Atlântica, mais agressão sofre.






Atualmente fala-se em outro tipo de agressão: o impacto ambiental urbano. As cidades estão ameaçadas pela degradação do ambiente. A degradação do ar pela poluição compromete a vida das cidades.

Os manguezais e restingas abrangem a faixa costeira e são as áreas mais devastadas pelo processo de urbanização, que polui água e solo com esgotos, produtos químicos e o turismo desordenado.

O ambiente da Amazônia quase não foi atingido no inicio da colonização, mas atualmente 15% da Amazônia foi destruída. Essa destruição tem sido incentivada pelo governo desde 1940, com projetos agropecuários. Outros fatores são responsáveis pela degradação do ambiente, tais como: construções de usinas hidrelétricas, extração de madeira, garimpo de ouro, construção de rodovias e ferrovias. O novo código florestal brasileiro prevê mais desmatamento, a chamada reserva legal. Essa questão ainda é tema de discussão no congresso entre ruralistas e ambientalistas.



Os criadores e agricultores utilizam a queimada como a maneira mais barata e rápida para limpar o solo. A queimada destrói a flora e a fauna e o cerrado está desaparecendo com as pastagens e as plantações de soja.
A pecuária e latifúndios são responsáveis pela degradação da caatinga. Sua fauna está seriamente ameaçada de extinção.




Por ocupar região com poucos recursos hídricos a caatinga é fundamental para a vida da população que dela sobrevive. Entretanto, os latifundiários além de destruir o ambiente natural, monopolizam as águas do São Francisco. Consequência dos impactos ambientais são: desertificação da caatinga, êxodo rural, salinização do solo.

Os campos abrangem áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Argentina, Uruguai e Paraguai. Este solo está sendo degradado pela criação de gado e as queimadas, que antecipam o cultivo de soja. O uso prolongado do solo provoca o processo de arenização.

{ 6 comentários... read them below or Comment }

  1. Otimoo'
    Me ajudou muito pra fazer um trabalho sobre a questao ambienntal do brasil, casei muito so encontrei aqui
    vlw por postar

    Mas confesso que geografia num meu forte naoh'

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Obrigado. Fique a vontade. Desculpe a demora. Abraços!

      Excluir
  3. ótimo!!! Me ajudou muito mesmo aqui...foi como um leque.

    ResponderExcluir
  4. obg me ajudou muito mesmo para meu trabalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e disponha sempre. Pode também deixar suas sugestões. Será um prazer atender a todos que principalmente buscam conhecimento.

      Excluir

Quem sou eu

Formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF)(Licenciatura), Bacharel em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Curso de extensão em O&M pela Fundação Getúlio Vargas, Pós-graduado em gestão ambiental pela Ferlagos, Professor da rede estadual do Estado do Rio de Janeiro e da rede particular, professor de curso preparatório militar, cursos pré-vestibular.

Artigos populares

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Geografia para todos -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -